CRMV-AM se reúne com Ministério Público para tratar sobre casos de exercício ilegal da profissão

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV-AM) se reuniu com o Ministério Público do Estado do Amazonas na manhã desta terça-feira (19), para tratar sobre o crescente número de ocorrências de denúncias a respeito do exercício ilegal da profissão na Medicina Veterinária.

Estavam reunidos o presidente do CRMV-AM, Haruo Takatani, o fiscal, Marcelo Bastos, o advogado, Orlando Barros e o promotor do Ministério Público, Francisco de Assis Argüelles.

Durante a reunião ficou ajustado que as reclamações por irregularidades que sejam constatadas pelo Conselho quanto ao exercício profissional irregular e maus tratos de animais poderão ser encaminhadas para eventual responsabilização civil e criminal.

Ainda ficou definido uma reunião para definir ampliação e cooperação entre o Ministério Público, o CRMV-AM e outros órgãos ligados a causa animal.

“Essa reunião foi muito importante para dar prosseguimento nas denúncias de exercício ilegal da profissão, pois isso põe em risco a saúde e bem-estar do animal. E o trabalho em conjunto com o Ministério Público é imprescindível para minar essas irregularidades”, afirmou o presidente Haruo.

O CRMV-AM ressalta ainda a importância da população em denunciar esses casos oficialmente aos órgãos competentes. O Conselho disponibiliza em seu site formulários que orientam nesse processo, e pede que seja feito Boletim de Ocorrência.

Fotos: Fabrinne Guimarães / Divulgação

COMPARTILHAR