Agricultora acusa vereador Daniel Barbosa de estelionato

O vereador, que é o líder do prefeito na Câmara, informou que desconhece as denúncias.

O vereador e missionário Daniel Barbosa da Silva, está sendo acusado de estelionato, pela senhora Gertrudes da Silva Santana, agricultora, 67, que alega que foi enganada pelo vereador, ao emprestar para ele, a quantia de R$ 26 mil, em julho de 2014.

Dona Gerges, como é conhecida, declarou a reportagem do Portal Tefé News, que através da venda de um ponto comercial, localizado no mercado municipal, conseguiu arrecadar a determinada quantia, para tratamento de catarata e artrose. O vereador ao saber da venda, procurou a agricultora e fez uma proposta de empréstimo, alegando que com o valor emprestado, faria um consórcio e devolveria em quatro meses, com juros, um valor de R$ 30 mil, ou então entregaria um ponto comercial de sua propriedade.

Depois de muita insistência do vereador, a suposta vítima concordou em emprestar o dinheiro, confiando na palavra do missionário, já que não exigiu nenhum documento.
Passado o prazo para a devolução do valor, dona Gertrudes declarou que passou a procurar o parlamentar, que alegou não ter o dinheiro, e marcando várias datas para que ela voltasse, para ver se ele já tinha como pagá-la.

Em 2017, sentindo-se cada vez mais doente, dona Gertrudes procurou um advogado, para tentar receber o seu dinheiro. Ela n quis citar o nome do profissional, apenas disse que este não teria dado entrada na ação, foi quando ela resolveu mudar de advogado, que iniciou o processo.

Ainda segundo a suposta vítima, ao ser notificado o vereador procurou o primeiro advogado e entregou a quantia de R$ 22.500,00, dos quais foram descontados, R$ 4.200,00 como honorários advocatícios. Posteriormente, o parlamentar procurou o segundo advogado e entregou mais uma quantia de R$ 7.500,00, dos quais foram descontados mais R$ 5.000,00 de honorários.

Dona Gertrudes tem procurado a imprensa, alegando que foi enganada pelo vereador, e alertando as pessoas para não cair nesse golpe, pois depois de quase seis anos, tentando receber o que foi combinado, teve prejuízo, pois teve que contratar dois advogados, cujo os honorários, reduziram consideravelmente o dinheiro reservado para o seu tratamento médico. No programa A Voz do Povo, da Rádio alternativa Fm, Ela disse conhecer várias pessoas que também foram enganadas, porém não tem coragem de denunciar o vereador.

A reportagem do Tefé News apurou que na data do empréstimo, informada pela suposta vítima, foi assinado pelo vereador Daniel, um recibo de venda de um ponto comercial no Mercado Municipal de Tefé, e posteriormente, em Março de 2016, uma declaração de compromisso, assinado pela Sra. Gertrudes Silva Santana, de devolver o referido ponto, mediante o pagamento de R$ 30.000,00.

Outro Lado
Procurado pela reportagem do Tefé News, o vereador, que é o líder do prefeito Normando Bessa na Câmara de Vereadores, declarou desconhecer as denúncias e que posteriormente, após tomar conhecimento, falaria sobre o assunto.

Foto: Arquivo/Portal Tefé News

1 COMENTÁRIO

  1. Estelionato ? Fizeram um contrato de mútuo com inadimplência do devedor. Nao percebi em nenhum momento o crime de estelionato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.