Assaltante em fuga se joga do alto de prédio

Eliézio Nonato Ferreira, 26 anos, morador da Rua Beira Mar, 531 Bairro do Abial, protagonizou na noite de ontem, dia 28/06 uma fuga cinematográfica. Depois de ter tomado de assalto a bolsa de uma senhora na Rua Tiradentes, no centro da cidade, por volta das 21:15 ele aproveitou a porta aberta da residência do Sr. Heraldo Jr. morador da mesma rua, e começou a sua escalada de muros, lajes e telhados.Perseguido pelo dono da casa, saiu de varada pelos quintais dos moradores da rua Marechal Deodoro, que assustados chamaram a polícia.Eliézio correu em direção do centro da cidade.

O marginal provou ser bom de perna, deixando para trás seus perseguidores e rapidamente alcançou as residências localizadas ao lado da panificadora Lusitana, nas proximidades da muralha. Percebido pelos moradores, o bandido saiu pulando de telhado em telhado até alcançar um dos andares do edifício Dona Alda onde procurou refúgio. Rapidamente populares e policiais aglomeraram-se em volta do prédio e informaram o proprietário, Sr. José Carlos Ferreira, o Caiá, da presença do meliante. Várias viaturas foram acionadas realizando buscas em toda a área, enquanto o proprietário e alguns funcionários do prédio vasculhavam as dependências do imóvel. Após vários minutos de busca, um dos funcionários localizou o bandido que desesperado correu para os altos do edifício. Temendo pela sua captura, Eliézio que nesse momento já estava só de cueca, decidiu se jogar rumo a uma laje de uma casa ao lado, de uma altura de aproximadamente 16 metros. O impacto foi fatal. A queda deixou o assaltante desacordado e com vários ferimentos visíveis pelo corpo, principalmente na cabeça, isso sem falar da sorte do larápio que caiu a poucos centímetros de várias pontas de ferros de uma coluna. Com a chegada dos policiais, que perceberam o estado crítico do marginal e temendo pela sua morte, o serviço médico foi acionado, demorando cerca de Quarenta e cinco minutos para a sua chegada. A dificuldade de acesso ao local também dificultou o resgate, e foi grande a aglomeração de populares que queriam saber o desfecho dessa história. Finalmente socorrido, Eliézio foi levado às 22:50h para o hospital de Tefé, onde se constatou depois de vários exames que o assaltante que estava embriagado, teve apenas um corte na cabeça, torceu um pé, e várias escoriações pelo corpo, não correndo assim,segundo informação do médicos, risco de morte. Populares que presenciaram o fato atribuíram ao meliante, o título de “Homem-Aranha de Tefé”.

13 COMENTÁRIOS

  1. tudo isso é culpa do prefeito Papi,pois nao dá emprego para o povo do abial e a única soluçao é roubar a bolsa de pobres senhoras indefesas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.