Hospital de Tefé diz que vídeo divulgado tem intenções políticas e foi montado

O hospital regional de Tefé declarou a produção do Jornal do Amazonas, 2ª edição, que o vídeo de uma grávida, dando luz no chão do corredor, e amplamente divulgado nas redes sociais e veículos de comunicação, tem intensões políticas e foi montado. A Susam informou que a administração da unidade de saúde é de responsabilidade do município.

Veja a nota divulgada pelo hospital

O Hospital Regional de Tefé – HRT vem, através dessa nota, esclarecer o ocorrido no dia 01/06, no qual um vídeo gravado dentro das instalações do HRT, por meio de celular, circulou nas redes sociais e portais do Estado. Nele é possível ver uma mulher entrando em trabalho de parto no corredor do Hospital.

Para quem entende um pouco da área de obstetrícia, é sabedor que, quando a mulher entra em trabalho de parto não há como impedir, e por isso, são comuns casos em que a mãe tem filho à caminho do hospital, muitas vezes em carros, viaturas policiais, ambulâncias, lanchas, às vezes, inclusive, na recepção. Isso não é o apropriado, óbvio, mas é algo que não há como controlar o tempo da natureza. Quando o momento chega não há como esperar.

A mulher identificada como S.M.S, de 32 anos, é proveniente do município de Maraã, 194 km de distância de Tefé, e deu entrada no Hospital às 16:46 hrs. Às 16:57 ela deu a luz. Nesse período, a sala para a paciente estava sendo preparada. Em momento nenhum a mulher foi desamparada, mesmo ela não portando os documentos de pré-natal, que são documentos fundamentais para equipe médica prestar atendimento pré e pós parto.

No vídeo registrado, inclusive, é possível ver o esforço que as duas enfermeiras faziam para realizar o procedimento de forma correta, apesar do desconforto do local que a paciente se encontrava. A criança nasceu bem. A mãe foi assistida e graças a eficiência da equipe do HRT deu tudo certo.

A maternidade do Hospital Regional dispõe de leitos suficientes para atender a demanda do município, ainda sobrando alguns leitos para atender a região do médio solimões. Todos sabem que a cidade de Tefé exerce forte influencia econômica sobre as cidades de Alvarães, Uarini, Fonte Boa, Maraã, Jutaí, Carauari, Eirunepé, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá e Tabatinga, e por isso, munícipes dessas cidades acabam por vezes sendo atendidos no HRT.

A Maternidade do Hospital Regional de Tefé, segundo o Serviço de Arquivo Médico e Estatístico – SAME, realizou só no mês de Maio, 162 partos, entre Cesária e Normal, e no dia do ocorrido, trouxe ao mundo, 8 crianças, com a taxa de sucesso elevadíssima. Novamente trazemos os dados para enfatizar que é um caso excepcional e que na hora que o incidente aconteceu, todos os socorros foram prestados para a mãe e a criança.

Sabemos que os melhores hospitais do mundo lidam com imprevistos diariamente, são coisas que fogem ao controle e a vontade de todos. Somos sabedores que erros podem acontecer, mas o que nos tranquiliza é saber que a gestão tem dado o seu melhor, assim como todos os funcionários do Hospital Regional de Tefé, fazendo com que a quantidades de acerto sejam bem maiores que as de erro.

Esclarecido o fato e restabelecida a verdade, reiteramos o compromisso com nossas pacientes, o pleno funcionamento de nossos serviços e, sobretudo, o nosso compromisso com a vida, com um atendimento humanizado e um acolhimento seguro.

Foto: Reprodução/Portal Tefé News

1 COMENTÁRIO

  1. Sabemos que não e de hoje que é o município não esta nem ai pra saúde na cidade.
    2020 Ta bem ai pessoal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.