O3B e Ozônio inovam com banda larga via satélite de alta performance em Tefé, no Amazonas

oz-e-03b

Localizada a 500 km da capital Manaus, Tefé é uma cidade no interior da Amazônia com mais de 60 mil habitantes que sempre sofreu com o isolamento em pleno século 21. A realidade das empresas e moradores da região, porém, já começou a mudar com a chegada da O3b Networks. A O3b entra no mercado brasileiro inovando, ao trazer para o país a tecnologia “Fiber in the Sky” com modelo de Backhaul Sharing. Isso significa que a empresa oferece toda a infraestrutura necessária às operadoras de celular, aos provedores locais e ao governo para desfrutar de um link via satélite com a qualidade de fibra óptica (alta velocidade e baixa latência ou tempo de resposta), viabilizando aplicações e conectividade 3G e 4G/LTE de alta performance.

O serviço está disponível para os mercados residencial, corporativo e governamental. A solução é oferecida em parceria com seu distribuidor regional (Ozônio), que também investiu na infraestrutura necessária para viabilizar o modelo.

Nossa tecnologia proporciona a uma região remota conectividade com a mesma alta qualidade de um grande centro urbano. Queremos levar aos cidadãos de Tefé, bem como ao de muitas outras cidades de semelhante perfil no Brasil, a capacidade de acesso ao mesmo tipo de conexão encontrada em cidades como Rio ou São Paulo”, destaca Sandro Barros, diretor geral da O3b Networks no Brasil, acrescentando ainda que o país apresenta grande potencial de mercado para a empresa. “Toda cidade com dificuldade  de conexão de  fibra óptica é um potencial mercado para O3b”.

A solução está ativa na cidade de Tefé desde o início de junho e tem agradado a vários segmentos do mercado local. Nesta quarta-feira (29/06), em um evento na Universidade do Amazonas, em Tefé, a O3b fará o lançamento oficial e apresentará sua tecnologia às empresas, ao governo e aos provedores  locais. O modelo O3b proposto baseia-se no conceito pay as you grow pelo qual a operadora ou provedor de internet compra a quantidade de megabits por segundo que precisa e pode ir ajustando a contratação de acordo com a necessidade, pagando um valor mensal. A solução O3b  possui escalabilidade  para crescer para a ordem de centenas ou mesmo milhares de Mbps, sempre com um baixo tempo de resposta (latência).

O acesso à tecnologia “Fiber in the Sky” da O3b vai gerar muito desenvolvimento para a região e uma verdadeira inclusão digital. A região ainda é muito carente de conectividade“, prevê Adriano Vargas Vieira, diretor comercial da Ozônio.

 Tecnologia O3b

Até 2018, a O3b Networks adicionará mais oito satélites a sua constelação própria, que hoje já contempla 12 satélites. Além de Tefé, outras cidades localizadas em áreas remotas e com significativa densidade populacional no país também estão na mira da empresa. Em geral, são locais onde a qualidade do serviço é precária ou inexistente.

Os satélites da O3b Networks ficam localizados a uma distância de 8 mil km da Terra e por estarem mais próximos que os satélites fixos tradicionais (geoestacionários que ficam a 36 mil km da Terra), são mais adequados para os serviços de voz e internet, oferecendo menor latência (tempo de resposta) na comunicação. A constelação da O3B foi concebida para fornecer altas capacidades de internet, podendo redistribuí-la para provedores terrestres e pontos de alta demanda como plataformas de petróleo, torres de operadoras de celular e navios, como os da empresa Royal Caribbean, entre outros. Além de escritórios em São Paulo e no Rio, a empresa ainda dispõe de gateway próprio no Brasil, desta forma, há mais segurança, rapidez e menor custo em relação aos dados processados.

Sobre a O3b:

A O3b Networks é uma empresa global que fornece serviços de banda larga via satélite para operadores de telecomunicações, provedores de serviços de internet, bem como empresas e governos. O3b significa “Outros 3 bilhões”. A empresa tem como  proposta atender aos outros 3 bilhões de consumidores em todo o mundo que ainda não são atendidos por conectividades reais de banda larga em mais de 180 países, num serviço que combina baixa latência com cobertura acessível a lugares remotos, com velocidades similares as da infraestrutura de fibra ótica. Na região do Pacífico, a O3b é líder no provimento de banda larga. A empresa tem entre os seus acionistas a SES, o Google, HSBC Liberty Global, o Development Bank of South Africa, Sofina, Satya Capital, Northbridge Venture Partners and Allen &Company.

Sobre a Ozonio:

A Ozonio Telecomunicações tem como foco o fornecimento de soluções em TI e rede para empresas e organizações governamentais nas regiões mais remotas do Brasil. A Ozônio está continuamente descobrindo formas de aprimorar a qualidade de seus serviços e parcerias, oferecendo produtos melhores, mais rápidos e mais estáveis para seus clientes. Por isso, a Ozônio se juntou à O3b Networks, fornecedora de serviços de banda larga de alta velocidade via satélite, com o objetivo de prestar serviços de conectividade de banda larga via satélite no estado do Amazonas. A Rede Ozônio conta com o suporte de uma infraestrutura de Micro Data Center (MDC) de instalação rápida, que presta serviço à pequenas e grandes cidades e comunidades da região Amazônica.

Com informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.