BNC Amazonas: Amazonino leva no primeiro turno, mas perde para qualquer um na final

0
23

Na terceira pesquisa da empresa Intake Marketing e Pesquisas desse período de pré-campanha, divulgada nesta quinta-feira, dia 28, o ânimo do eleitor para o pleito que acontece em primeiro turno dentro de pouco mais de três meses ainda é baixo. O governador Amazonino Mendes (PDT) lidera para o primeiro turno, mas perderia para qualquer um dos concorrentes no segundo.

Indefinição quanto ao candidato preferido para governar o Amazonas e alto índice dos que intencionam se abster, anular ou votar em branco são características manifestadas por 58% das 1.100 pessoas ouvidas pela Intake de 22 a 25 deste mês, na capital e em oito municípios.

A Intake afirma que Amazonino, pré-candidato à reeleição, lidera as intenções de voto, com 23,9%. O senador Omar Aziz (PSD) e o presidente da Assembleia Legislativa (ALE-AM), David Almeida (PSB), figuram empatados tecnicamente com 13,8 e 16,3%, respectivamente, na pesquisa que admite margem de erro de 3%.

O radialista Wilson Lima (PSC) vem em seguida com 12%.

Contudo, os que disseram não saber em quem votar ou que pensam em anular o voto são maioria também na pesquisa espontânea, com 31%.

 

Simulações de segundo turno

Apesar de liderar a corrida na fase de pré-campanha, Amazonino não conquistaria o quinto mandato de governador, segundo a Intake.

Para Omar, perderia por 4,5 pontos percentuais. Se disputasse com David, o percentual seria de 5,7. E caso Amazonino enfrentasse Wilson, a derrota seria a mais significativa, de 10,2%.

 

Amazonino e a rejeição

Se lidera a intenção de voto nesse período de pré-candidatura, Amazonino também é tido como o mais rejeitado de todos os que se apresentam com o desejo de disputar com ele o Governo do Amazonas.

Enquanto os seus concorrentes não passam de 20%, Amazonino ostenta 37,8% de rejeição.

Ainda há um detalhe interessante na pesquisa Intake: de cada dez pessoas consultadas, oito admitem que sua intenção de voto não é definitiva. Ou seja, a indefinição quanto aos números neste momento é alta.

 

No Senado, Alfredo e Eduardo Braga na dianteira

A disputa pelas duas vagas ao Senado, em que o eleitor vai votar em dois nomes, Eduardo Braga (MDB) e Alfredo Nascimento (PR) mantêm a dianteira.

Braga tem a preferência do primeiro voto com 23% e Alfredo leva 19,3% para o segundo. Invertendo as posições, o pré-candidato do PR tem 15% para o primeiro voto, e o medebista fica com 12,3%.

A comunista Vanessa Grazziotin (PCdoB) é a que mais se aproxima dos líderes da pesquisa Intake, mas não passa de 10% na intenção para primeiro ou segundo voto.

Diferentemente dos dois estudos anteriores, a Intake não considerou a ex-deputada Rebecca Garcia, do PP, como possível candidata ao Senado. E nem ao Governo do Estado. Depois de fechar apoio à candidatura de Amazonino, seu nome passou a ser cogitada como vice na chapa com o PDT.

Cenário presidencial

Apesar da incerta presença do petista Lula da Silva na eleição à Presidência da República, ele e o deputado Jair Bolsonaro (PSL) estão empatados na intenção de voto do amazonense com 27%.

Marina Silva, do partido Rede Sustentabilidade, vem em terceiro, mas bem distante, com 13%. Pior que ela, Ciro Gomes (PDT), com 8%.

Sem o envolvimento do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, em sua campanha, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), se mostra com pífio 2% na intenção de voto do eleitorado do Amazonas.

O estudo da Intake foi registrado no TSE com o número AM-04660/2018. Confira os dados na íntegra:

Intake_3 pesquisa_junho 2018

Fotomontagem com reprodução de gráfico da pesquisa Intake

Fonte: BNC Amazonas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.