Agentes de Trânsito denunciam falta de condições de trabalho

flagrante de uma Agente de Trânsito trabalhando de sandálias por falta de calçado

Alguns funcionários da Prefeitura de Tefé que exercem a função de agentes de transito no município estão reclamando da falta de condições de trabalho e de equipamentos necessários para o desempenho de suas funções. Preferindo manter seus nomes no anonimato, com medo de represálias por parte da administração, eles declararam que está faltando botas, fardas, bonés e até apitos. Uma funcionária disse que há meses solicitou um calçado e até agora não foi atendida, por isso estava trabalhando de sandálias. Percebendo sua situação, um amigo lhe emprestou uma bota com um número acima do usado por ela e que para usar o calçado é necessário encher a parte dele com papel. O agente Erisvan Chaves declarou que os funcionários do trânsito “dão o seu sangue” trabalhando além de sua carga horária normal e que mesmo assim existe discriminação na hora do pagamento. Ele informou que no setor trabalham cinqüenta funcionários: Trinta recebem um salário maior do que os outros vinte restantes, fato que ele atribui a opção política manifestada pelos funcionários na última eleição municipal. Procurado por nossa reportagem o Chefe do departamento, sargento Francisco das Chagas, preferiu não se manifestar sobre o assunto. Já o prefeito Jucimar Veloso disse que desconhece qualquer perseguição política aos funcionários, soube apenas que uma agente não recebeu seu calçado com o tamanho correto, e informou ainda que já determinou a compra de fardas e materiais para o setor.

Informações mais detalhadas você lê no TeféNews Jornal, disponível nas bancas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.