Diretor do SAAE/Tefé tem contas reprovadas pelo TCE-AM e é multado em R$ 17 mil

Durante a 36ª sessão ordinária realizada na quarta-feira (23), o pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) julgou irregular as contas referentes ao exercício de 2017, do diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto(SAAE/Tefé) Armando Athos Rabelo de Medeiros Filho.

O relator do processo, conselheiro Ari Jorge Moutinho da Costa Jr., aplicou multa de R$ 17 mil reais pelas irregularidades encontradas.
Contactado pela reportagem do Portal Tefé News, o gestor limitou-se apenas a informar que vai recorrer da decisão, através do jurídico da autarquia.

Na mesma sessão, o Tribunal também reprovou as contas do ex-prefeito de Tapauá, multado em R$ 22,3 milhões, devido as inúmeras irregularidades em sua gestão. O gestor das contas do Fundo Penitenciário do Estado do Amazonas (Fupeam), exercício de 2016, Pedro Florêncio Filho, também foi multado em R$ 13,6 mil.

Ressalvas com multas
Entre as prestações de contas anuais julgadas regulares com ressalvas com multas, estão as do presidente da Câmara Municipal de Alvarães, Mauricio Cruz de Souza, referente ao exercício de 2018, multado em R$ 29 mil; do presidente da Câmara Municipal de Manicoré, de 2017, Bernardino José Lindoso, punido em R$ 4 mil; e as contas do atual prefeito de Humaitá, Herivâneo de Oliveira, exercício de 2017, apenado em R$ 3 mil.

O quórum foi composto pelos conselheiros Josué Filho, Ari Moutinho Júnior, Mário de Mello, o auditor Luiz Henrique e o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), João Barroso. A conselheira-presidente, Yara Lins dos Santos, que conduziu a sessão, informou que a próxima sessão do Tribunal Pleno será realizada na próxima quarta-feira (30).

Com informações da assessoria / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.